Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > DCTA e AEB inauguram o primeiro Centro Tecnológico Espacial do Brasil no CLBI
Início do conteúdo da página

 

No dia 13 de novembro, às 15h30 ocorreu no Centro de Lançamento da Barreira do Inferno a inauguração do primeiro Centro Vocacional Tecnológico Espacial do Brasil (CVT-Espacial), que tem como objetivo incentivar estudantes a futuramente atuarem na área espacial e de ciência e tecnologia, além de conscientizá-los da importância do Programa Espacial Brasileiro e dos seus benefícios para o país.

Dentro da programação do dia da inauguração, o CLBI realizou a Operação Barreira XVIII, que consistiu de lançamento e rastreio de um FTB (Foguete de Treinamento Básico), que além do objetivo de manutenção operacional do efetivo, e dos equipamentos e sistemas operacionais envolvidos, permitiu a divulgação da atividade-fim do Centro a todos os presentes. O veículo foi lançado às 15h10min e cumpriu a trajetória prevista. Na ocasião, o CLBI recebeu visita ilustre do Grupo de Apoio à Criança com Câncer do Rio Grande do Norte, que além de a equipe ter podido presenciar o lançamento de um foguete, receber das mãos do Diretor do Centro, duas revistas infantis autografadas pelo astronauta Marcos Pontes, bem como um vídeo dedicado à Instituição, onde sugestiona a todos que “nunca desistam dos sonhos”.

O CVT-Espacial é uma iniciativa da Agência Espacial Brasileira (AEB) inserida no Programa de Apoio à Implantação e Modernização de Centros Vocacionais Tecnológicos do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), desenvolvido em parceria com o Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI) e apoio do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA).

Participaram da inauguração o, Senador da República pelo Estado do Rio Grande do Norte, Garibaldi Alves Filho, Diretor-Geral do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos Augusto Amaral Oliveira, o Presidente da AEB, José Raimundo Braga Coelho, Diretor do CLBI, Coronel Aviador Paulo Junzo Hirasawa, dentre diversas autoridades locais, bem como alunos do ensino médio e professores do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), capacitados pela AEB para conduzirem as atividades no CVT, inicialmente oferecidas aos alunos selecionados pela Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SEMEC) de Parnamirim/RN.

Como forma de selar a parceria entre as Instituições, foram assinados pelo Exmo. Sr. Diretor-Geral do DCTA e o Presidente da AEB Espacial o Acordo de Mútua Cooperação entre o CLBI e a AEB e a Cessão de Uso de Área a Título Não Oneroso. E também o Acordo de Cooperação entre a AEB, a SEMEC – Sra. Francisca Alves da Silva Henrique e o IFRN/Parnarmirim, que prevê a formação, inicialmente destinada a estudantes do 9º ano do ensino fundamental. Representaram o IFRN neste ato o Magnifico Reitor Wyllys Abel Farkatt Tabosa e o Diretor-Geral do campus de Parnamirim, Sr. Filipe de Oliveira Quintaes.

O Diretor-Geral do DCTA, em suas palavras, ressaltou que “A Força Aérea entende que a educação é uma das ferramentas mais importantes para transformar esse País”. E complementou que o Centro, com essa parceria, virá a contribuir para a sociedade de forma mais enérgica e continuada, e num setor que interessa àquele Departamento de Ciência e Tecnologia.

Num primeiro momento, o CVT vai atender alunos do 9º ano do ensino fundamental das escolas públicas do município de Parnamirim. “Com a consolidação do Centro e de suas parcerias as atividades serão estendidas a outros níveis de ensino”, afirmou o Diretor de Satélites, Aplicações e Desenvolvimento (DSAD) da AEB, Carlos Alberto Gurgel.



Educação continuada - Segundo Rodrigo Leonardi, coordenador de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação da AEB, o CVT Espacial visa a promover o conhecimento científico e tecnológico em um processo de educação continuada, em um ambiente adequado que oferece recursos para realização de experimentos, ensaios, trocas de experiências e atividades de treinamento presencial e a distância.

Com o funcionamento do CVT Espacial, os estudantes da região poderão desenvolver diversas atividades educacionais, como competições de espaçomodelismo, foguete modelismo e, principalmente, cursos de capacitação e oficinas temáticas espaciais, utilizando os modelos do Programa AEB Escola, mas de forma continuada.

Dividido em dez ambientes, o CVT-Espacial conta com laboratórios para atividades de propulsão, satélite, integração e teste, auditório, espaço Marte e Lua, sala de capacitação, refeitório e vestiários, além de espaços abertos para lançamentos de foguetes e outras atividades.

mais imagens

Fim do conteúdo da página